A confusão envolvendo o participante Marcos, que foi expulso ontem do Big Brother Brasil (17) após ter tratado de forma grosseira sua companheira Emilly, não foi a primeira na história do BBB. Ao longo dos 17 anos de reality, já teve ex-bbb expulso por agressão e também por suspeita de abuso sexual. No Twitter, ele se defendeu do caso.

Ana-Paula-Renault

Na edição de 2016 a participante Ana Paula Renault foi retirada da casa após agredir o participante Renan Oliveira durante uma discussão em uma festa. Na época, o clima estava tenso na casa  e Renan acabou levando um tapa da participante. Após sua expulsão, houve uma comoção geral nas redes sociais.

Discussão em uma festa acabou em agressão de Ana Paula. Foto: Reprodução.
Discussão em uma festa acabou em agressão de Ana Paula. Foto: Reprodução.

Já no BBB 12, quatro anos antes, quem precisou ser retirado da casa foi o participante Daniel. Ele foi o primeiro participante da história a ser expulso do programa. A razão foi uma investigação de estupro feita pela polícia enquanto ele ainda estava na casa. Após uma festa, ele teria abusado da participante Monique.

O ex-participante foi absolvido da acusação e o caso foi arquivado.

Daniel foi expulso do BBB 12 após uma acusação de estupro. Ele foi absolvido. Foto: Divulgação TV Globo.
Daniel foi expulso do BBB 12 após uma acusação de estupro. Ele foi absolvido. Foto: Divulgação TV Globo.

Caso Laércio

O ex-BBB Laércio de Moura, 54 anos, segue preso na casa detenção na Casa de Custódia de Curitiba, onde aguarda julgamento. Participante da edição 16 do Big Brother Brasil, ele é acusado por crime de estupro de vulnerável e de ter fornecido bebidas alcoólicas a menores de idade em 2012. Na época do programa, ele admitiu se envolver com moças mais jovens e virou alvo de polêmica ao ser acusado de pedófilo pela colega de confinamento, Ana Paula Renault.

laercio-moura-bbb