A Polícia Civil do Rio de Janeiro decidiu registrar uma ocorrência contra o médico Marcos, após ele encurralar Emilly contra a parede e agir de forma violenta com ela na festa realizada no último sábado na casa do Big Brother Brasil, o BBB 17. Depois desta atitude, a produção do BBB 17 decidiu expulsar o participante.

Marcos não foi o primeiro participante expulso do BBB. Relembre!

O apresentador Tiago Leifert informou os participantes na noite desta segunda-feira. A iniciativa é da diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio de Janeiro, Márcia Noeli Barreto. A situação revoltou o público, que insistiu na expulsão do cirurgião plástico do reality show por meio das redes sociais. Aliás, o caso acabou levando a expressão #GloboApoiaViolência aos assuntos mais comentados na internet no final de semana.

Choro de Emilly

Logo após o anúncio Emilly não aguentou e chorou muito, sendo confortada durante vários minutos, ao vivo, pelas participantes Ieda e Vivian. As três são finalistas do programa, que acaba nesta quinta-feira. Emilly, que tinha um relacionamento conturbado com o médico dentro da casa, dizia que não entendia o motivo de aquilo estar acontecendo, mas Leifert tentou a acalmar dizendo que a família estava bem, assim como seu namorado.