A ex-primeira-ministra Margaret Thatcher está fisicamente bem, mas “com a idade, sua memória já não é tão boa”, revelou Bernard Ingham, que foi assessor de imprensa durante o governo da “Dama de Ferro”. Numa entrevista ao jornal “The Times”, Ingham disse que é lamentável ver “render-se sob o peso da velhice” a quem governou a Grã-Bretanha com pulso firme há cerca de duas décadas.

Segundo o ex-assessor, Thatcher às vezes nem sequer se lembra de que seu marido, Denis, está morto. “Tem dias bons e outros maus, mas em geral a situação não é das melhores. É lamentável, especialmente para quem em outra época tinha uma memória de elefante”, declarou.

Após sofrer vários derrames cerebrais, a ex-primeira-ministra está cada vez mais distante da vida política, embora sua vontade de trabalhar continue a mesma. “Quando nos encontramos, ela me pergunta se tenho algum projeto em mente ou espera que lhe proponha algo. Faz perguntas e anotações, não sei exatamente para que, acredito que se trate de um hábito. Ela tem necessidade de fazer alguma coisa”, contou Ingham.