As atrizes Daniele do Rosario, Maria Tuca Fanchin e Adriana Seiffert estão em cartaz em Curitiba com a peça Marias e madalena, no Teatro Cleon Jacques, no Parque São Lourenço (Rua Mateus Leme, 4700). Amor, abandono, sacrifício, escolha, dualidade, desejo e transcendência são alguns dos temas levantados na peça, cuja dramaturgia é criação coletiva.

“Achamos que estudando Madalena íamos entendê-la. Descobrimos que, à medida que tentávamos nos aprofundar nesta figura, menos consistente ela ficava, pois as versões históricas, inclusive a da própria Bíblia sobre Madalena são contraditórias”, revela o diretor Marcio Juliano.

O caminho foi estudar o mito Madalena e não reduzi-la a uma pessoa. A partir desta linha de pesquisa, reflexões pessoais vieram à tona e acabaram compondo a trama.

“Não montamos o conto e nem contamos a história de Maria Madalena neste trabalho, a partir deste arquétipo, descobrimos o que nos identifica com este universo e o trabalho é resultado da tentativa de nos aproximarmos dela”, revela Maria Tuca. A peça fica em cartaz até 30 de maio. De quarta a sábado, às 20h. Aos domingos, às 19h. Ingressos a R$20.