Toda vez que chove em show ao ar livre, a preocupação da produção redobra. Como estamos em Curitiba, já era previsto isso acontecer e Alok disse que se impressionou com o público, que não arredou o pé. O DJ, que saiu de Goiânia, Goiás, para ganhar o mundo, era uma das atrações mais esperadas do Villa Mix Curitiba, no último sábado (21). E ele fez por merecer.

Alok subiu ao palco e logo em sua primeira música fez com que todo mundo fosse ao delírio. Em entrevista à Tribuna do Paraná, o rapaz, que também é produtor musical, contou que sentiu medo quando viu que começou a chover. “Achei que a festa ia acabar ali mesmo, mas foi o contrário. O público me surpreendeu muito, eles me animaram tanto”.

Público aproveitou e muito o show do DJ de Goiás. Foto: Alisson Demetrio/Divulgação.
Público aproveitou e muito o show do DJ de Goiás. Foto: Alisson Demetrio/Divulgação.

Segundo o rapaz, que tem 26 anos, mas já tocou em vários palcos pelo mundo todo, a vontade era pular com a galera. “Eu queria era tomar chuva com eles, mas o palco era muito alto, não deu pra pular”, definindo o show como “eletrizante”, apesar da chuva. Quem preferiu sair da frente do palco, aproveitou o show da mesma forma: na área do backstage, através do telão.

Alok é um show a parte. Seu repertório, que engloba várias entre as músicas mais tocadas nas rádios jovens do país, une projetos próprios, como Fuego, Hear Me Now e Never Let Me Go, aos de outros artistas, como Shape of You (Ed Sheeran). A cada introdução comandada por ele, era o ânimo do público que se renovava.

O show do DJ brasileiro no Villa Mix Curitiba ainda contou com a participação de uma orquestra no palco. E não faltou o novo sucesso dele, Big Jet Plane. “Curti muito o show e só tenho a agradecer o carinho dos curitibanos. Quero voltar logo”, adiantou o DJ.

A chuva não foi motivo para desanimo. Foto: Lucas Sarzi.
A chuva não foi motivo para desanimo. Foto: Lucas Sarzi.

Ganhando o mundo

Talvez a participação na edição curitibana do festival pode ficar ainda mais na memória de Alok. Isso porque enquanto ele se apresentava, já sabia que tinha sido eleito o 19º melhor DJ do mundo. A informação veio através da revista britânica DJ Mag – a mais conceituada do gênero –, que divulga os top 100 DJs ao redor do mundo, todos os anos.

Mas se engana quem pensa que o sucesso tem feito com que o rapaz se iluda. Quando indagado se ele tinha a noção de que, pouco a pouco, está ganhando o mundo, Alok foi humilde e negou. “Tô sabendo agora, não sabia isso não”, brincou.

O DJ e produtor musical explicou que ainda acha que chega lá, mas que tem muita coisa a enfrentar ainda. “Acho que falta muito ainda, estou engatinhando, mas no caminho certo. O melhor de tudo é saber que tenho o apoio dos brasileiros”.

Vídeo

Além de Alok e o show da dupla Simone e Simaria – que contou apenas com a força de Simone, já que Simaria ficou doente e não conseguiu subir ao palco -, outra atração esperada no evento era Luan Santana, que também se apresentou com chuva. O cantor também falou com a gente e a reportagem completa sai nesta quarta-feira (25). Veja a entrevista completa com o DJ, que atendeu nossa equipe de reportagem logo depois do show e ainda deixou um recado aos leitores:

Imagens do show: Villa Mix Goiânia