La Toya Jackson disse que seu irmão, Michael, estava com ótima aparência quando foi enterrado na semana passada. Em entrevista ao programa “20/20” da rede de televisão ABC, ela disse que o rei do pop usava pérolas e um grande cinto dourado “como os que se ganha quando se é boxeador”. “Seu cabelo estava bonito, a maquiagem foi bem-feita”, disse ela. Um par de óculos de sol e uma luva branca também estavam entre os itens colocados no caixão.

 

La Toya Jackson disse que considera a morte do irmão, ocorrida dia 25 de junho, culpa dos que ministraram drogas a ele. Ela disse que seu irmão era “especial”, explicando que “ele não era Deus, mas certamente era como um deus. Ele era a coisa mas próxima de um deus que eu conheci”.