A voz do grunge, uma das melhores surgidas durante a virada das décadas de 1980 e 1990, se silenciou. Morreu Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, na noite desta quarta-feira (17), em Detroit, horas depois de se apresentar na cidade com o Soundargen, em uma turnê da banda pelos Estados Unidos.

Brian Bumbery, agente de Cornell, confirmou a morte à agencia de notícias Associated Press. “Repentina e inesperada”, disse. Em um comunicado, a família pediu privacidade e afirmou que colaborará com os legistas para determinar a causa da morte, ainda indefinida. A polícia suspeita de suicídio.