Morreu na madrugada de hoje em São Paulo o jornalista e crítico musical J. Jota de Moraes em decorrência de problemas respiratórios.

Moraes, 68, formou-se em letras neo-latinas pela Unires, de Itapetininga, sua cidade natal. Foi o crítico responsável pela área de música clássica do Jornal da Tarde de 1972 a 2003.

Ele deu ainda aulas na USP e cursos livres de música e apreciação musical. Foi também diretor artístico da Sociedade de Cultura Artística.

Moraes é autor de livros como “O Que É Música?”, lançado em 1983, e “A Música da Modernidade”. O velório e o enterro serão realizados na quinta-feira em Itapetininga.