Pense nos maiores sucessos da Disney, no tempo em que o criador do estúdio, o lendário Walt, ainda estava vivo – Branca de Neve e os Sete Anões, Pinóquio e Bambi. O último dos animadores daquela fase morreu na quinta-feira à noite. Frank Thomas tinha 92 anos. Há meses sofria as conseqüências de um derrame cerebral. No estúdio, era considerado um dos nove anciãos – tratamento solene dado aos criadores da Disney.

Um dos mais famosos críticos americanos, Leonard Maltin – autor do guia de cinema e vídeo popularizado em todo o mundo – disse que Thomas ajudou a inventar a animação como uma forma de arte e a elevou a níveis que definiu como ?incríveis?. Thomas era particularmente conhecido como desenhista de cenas emotivas ou românticas, embora num determinado momento de sua carreira tenha flertado com os vilões.

Foi ele quem criou a célebre cena em que a Dama e o Vagabundo vão à trattoria e comem espaguete, terminando por beijar-se enquanto sugam o último fio da massa. Também criou a cena em que Tambor ensina Bambi a patinar no gelo. E foi ele quem transformou a madrasta de Cinderela numa personagem sinistra, por sua falsidade (e maldade).