Cinco filmes ? entre eles ?Setenta anos de cinema brasileiro?, de 1978, e ?Os pioneiros do cinema no Paraná? (1994) ? e mais um debate sobre a exibição de materiais antigos marcam o encerramento, na noite desta sexta-feira (14), do Recine, mostra de cinema de arquivo que está sendo realizada no Cine Luz, em Curitiba. O evento é promovido pelo Arquivo Público Nacional no Rio de Janeiro há seis anos e, graças a uma parceira com o Arquivo Público do Paraná, pela primeira vez ocorre no Estado. A entrada é gratuita.

Além dos dois filmes citados, está na programação também a exibição de ?Cinegrafista de Rondon?, de 1979, ?Suplício de uma saudade? (1992) e ?Carnaval em Curitiba? (1910). As apresentações começam às 19 horas. São documentários, de curta duração, que trazem imagens históricas sobre fatos, situações e costumes das mais variadas épocas.

ABERTURA DO EVENTO – Nesta quinta-feira (13), na abertura do evento, o curador do Recine, Clóvis Molinari Júnior, destacou a importância de se trazer a mostra ao Paraná. A idéia, segundo ele, é que o Recine passe a ser realizado no Estado com freqüência, e que mescle as produções nacionais com as locais. ?Essa parceira com o Arquivo Público do Paraná foi fundamental para que o Recine chegasse a Curitiba?, afirmou.

No primeiro dia da mostra, um dos filmes mais apreciados pelo público ? na maior parte, formado por estudiosos de cinema -, foi ?Um Rio que passou…?, pertencente ao acervo do Arquivo Nacional. O filme, com imagens da capital fluminense de meados do século passado, mostra os costumes do carioca na década de 50, bem como os problemas urbanos já vivenciados à época: enchentes, favelização e trens lotados. Ao mesmo tempo, exalta ? com narração de 50 anos atrás -, as belezas de Copacabana.

SERVIÇO – Mais informações sobre o Recine podem ser obtidas pelo telefone (41) 3352-2299, ramal 214, ou nos sítios www.pr.gov.br/arquivopublico ou www.recine.com.br.,

Confira a programação desta sexta-feira (14)

RECINE – PARANÁ
Local: Cine Luz.
Rua XV de Novembro, 822, Centro, Curitiba
Horário: 19 às 22 horas

DIA 14 ? SEXTA-FEIRA ? 19 HORAS

Filmes
– Setenta anos do Cinema Brasileiro, de Jurandyr Noronha (1978)
– Cinegrafista de Rondon, de Jurandyr Noronha (1979)
– Os pioneiros do cinema no Paraná, de Willy e Werner Schumann (1994)
– Suplício de uma saudade, de Tiomkim e Estevan Silvera (1992)
– Carnaval em Curitiba, de Aníbal Requião (1910)

Debate ?Difusão, Oficinas e o Caráter Contemporâneo da Exibição de Materiais Antigos?. Debatedores:

– Ricardo Favilla ? Rio de Cinema Produções
– Fernando Severo – Centro Europeu
– Luís Renato Ribas – Cinevídeo Produções
– Estevan Silvera – Documentarista