A partir de hoje a obra “Emigrantes III”, de Lasar Segall, será incorporada ao acervo da Pinacoteca do Estado. A pintura foi comprada da família do artista pela Secretaria do Estado da Cultura, com um investimento de R$ 1,4 milhão. “O investimento em cultura é fundamental. É o que transforma as pessoas. Nosso papel é fazer com que obras como essa estejam ao alcance da população”, diz o Secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo.

Segall (1891- 1957) foi pintor, desenhista e escultor nascido na Lituânia, mas que, na década de 20, radicou-se no Brasil. Aqui, foi peça fundamental na consolidação do Modernismo. A obra em questão, datada de 1936 (óleo sobre tela, 86 x 197 cm), marca o retorno do artista ao traço realista. Na figura, cinco emigrantes, dos quais dois seriam autorretratos do próprio Segall. A obra está em exposição na Pinacoteca do Estado (Praça da Luz, 2), que abre de terça a domingo, das 10h às 17h30. Ingresso combinado (Pinacoteca e Estação Pinacoteca) sai por R$ 6. Grátis aos sábados. Informações: 3324-1000.