A Orquestra Sinfônica do Paraná acompanha o tenor José Carreras, que volta a cantar em Curitiba, desta vez para inaugurar o Teatro Positivo ? Grande Auditório. Serão dois concertos, um neste sábado (29) e outro na segunda-feira (31). O concerto de sábado é exclusivo para convidados e o de segunda-feira já está com ingressos esgotados.

Obras de Bizet, Puccini, Verdi e Strauss serão interpretadas pelo tenor e pela soprano chilena Veronica Villaroel, uma das cantoras de maior prestígio do canto lírico internacional, sob a regência do maestro Enrique Ricci.

Carreras participa neste sábado (29) da inauguração do Teatro Positivo ? Grande Auditório, interpretando obras das mais conhecidas do repertório lírico dos compositores Puccini, Verdi, Bizet, Strauss, entre outros. ?Voltar a cantar na mesma cidade, 15 anos depois, é desafiador. Além disso, é uma honra participar de um projeto tão ambicioso. Será algo novo e tentaremos dar o melhor de nós para estar à altura de um evento tão importante?, afirmou o artista, em entrevista coletiva.

Sobre o repertório, Carreras faz suspense: ?Vou cantar trechos de óperas que fazem parte do repertório dos tenores desde Caruso?. Sobre o repertório definitivo do concerto, afirmou ainda que seria definido durante os ensaios com a orquestra, constituindo-se em ?surpresa? para o público.

O tenor que já se apresentou nos principais teatros do mundo inteiro e tem dezenas de discos gravados, falou de suas predileções quanto aos personagens que interpreta e conta que dois dos seus favoritos são Don José (de Carmen, de Bizet) e Rodolfo (de La Bohème, de Puccini). Explica: ?São personagens românticas mais afeitas às minhas possibilidades como músico e à minha personalidade?.

Além dos concertos que fará no Teatro Positivo, o músico visitará o Hospital Erasto Gaertner no domingo. Após ter-se curado de uma leucemia diagnosticada em 1987, o tenor criou a Fundação José Carreras pela Luta contra a Leucemia, entidade que apoia o hospital e objetiva o desenvolvimento de pesquisas e ao auxílio a portadores da doença.