O padre Fábio de Melo lança, na semana que vem, a sua biografia, o livro Humano demais (Globo Livros), escrita pelo jornalista Rodrigo Alvarez.

A obra, que tem 416 páginas de texto e outras 32 de fotos, conta toda a trajetória do religioso, desde a infância pobre (Fábio é filho de um pedreiro alcóolatra e uma dona de casa), até o tardio voto de castidade, aos 31 anos (ele revelou esta semana que, antes disto, pulou muito o muro do seminário para namorar).