s

Quem passar pela rua Prudente de Moraes, entre a Saldanha Marinho e a Augusto Stellfeld, na região central, até a próxima quinta-feira (17), será surpreendido por fotografias expostas ao ar livre, na mostra “O Pedestre de Paris”. São 20 painéis que retratam cenas do cotidiano e pontos turísticos de Paris, entre 1890 e 2006. A exposição foi aberta nesta quinta-feira (10).

A exposição “O Pedestre de Paris” foi trazida para Curitiba pela Aliança Francesa, em comemoração ao Ano da França no Brasil, em parceria com a Prefeitura, por meio da Fundação Cultural. As imagens convidam o pedestre a passear pelos mais famosos pontos turísticos da capital francesa, como a Torre Eiffel, Champs Elysées, jardins de Luxemburgo, a ponte Saint Michel, entre outros.

O primeiro dia da exposição foi um sucesso. Quem passou pela rua elogiou a mostra de fotografia. A técnica de enfermagem Andreza Moussa ficou fascinada com o tamanho das imagens. “Quase temos a sensação de estarmos andando pelas ruas de Paris. As fotos são enormes o que deixa mais realista”, disse, referindo-se aos painéis de 1,5 metro de altura por 1,8 metro de largura.

O antropólogo Edison Mercuri também aprovou a exposição. “Não é interessante só pelas belas imagens. Estamos acostumados a ver esse tipo de arte em galerias ou museus, não é comum que esteja na rua, aberta para todo público curitibano. Olhar essas fotografias proporciona uma viagem no tempo e no espaço”, afirmou Edison.

A exposição teve estreia internacional em Curitiba. A curadoria é da historiadora de arte e jornalista Sophie Schmit. As fotos são de Robert Doisneau, Eugène Atget, Séeberger, irmãos Neurdein Frères, Louis Vert, Bernard Plossu, Denis Darzacq, Valérie Jouve e Fréderic, entre outros.

A intenção da exposição é fazer com que o visitante se sinta andando pelas ruas de Paris, seja através do conteúdo das imagens ou pelo estilo da exposição, que é muito comum nas grades e muros franceses. De Curitiba, a mostra seguirá para outras capitais do Brasil e do mundo.

Serviço:
Exposição “O Pedestre de Paris”
Rua Prudente de Moraes, entre Saldanha Marino e Augusto Stellfeld
De 10 a 17 de setembro