Os integrantes do mundo flamenco amanheceram nesta quarta-feira, 26, de luto com a notícia da morte do guitarrista Paco de Lucía. Pelo Facebook, cantores, bailoaores e guitarristas manifestaram sua dor pela perda do músico idolatrado.

Para o bailaor Antonio Fernández Montoya, conhecido como El Farru, que participou da turnê que Paco de Lucía realizou pelo Brasil em novembro, o mundo perdeu um “gênio, um revolucionário, que levou o flamenco ao mundo inteiro”. “Ele foi um mestre para todos os músicos, um verdadeiro espelho. Para mim, que trabalhei e convivi com ele, é um dia dos mais tristes, pois o considerava um segundo pai. Não tenho palavras para expressar o que ele representou para o flamenco.”

Seu irmão, o também bailaor Juan Manuel Farruquito, disse que passou toda a manhã chorando a grande perda. “Era um grande maestro, uma grande pessoa, um verdadeiro amigo, uma pessoa humilde que, apesar do grande sucesso, mantinha sua simplicidade. Pessoas como ele não deveriam morrer, mas sua alma continuará sempre viva no coração dos que o conheceram.”

Para o cantaor Jose Anillo, foi uma triste notícia para as pessoas que tiveram a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente. “Ficamos órfãos. Eu o conheci no âmbito profissional e pessoal e foi uma experiência inesquecível. Sua morte foi um duro golpe para o flamenco e para o público em geral.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.