O pastor Valdemiro Santiago retornou na tarde desta terça-feira (11) à Igreja Mundial do Poder de Deus, dois dias depois de ser esfaqueado no altar durante um culto. Ele fazia sua pregação na manhã do último domingo (08), quando o ajudante-geral Jonathan Gomes Higino, 20 anos, que estava na fila de fiéis para receber bênçãos, aproximou-se do religioso e o golpeou com um facão no pescoço.

O pastor foi levado ao hospital, teve que suturar o corte e recebeu alta algumas horas depois. O rapaz foi preso em flagrante por tentativa de homicídio. Ainda não se sabe exatamente por qual motivo o jovem feriu o pastor.

Enquanto Valdemiro esteve afastado, sua camisa suja de sangue foi usada para “curar” fiéis de males diversos. E nesta terça-feira, quando ele voltou, pediu doações aos fiéis, para pagar os R$ 8 milhões mensais que custam o seu canal de TV.