O diretor de cinema Roman Polanski compareceu hoje ao Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, em sua primeira aparição pública desde que foi libertado de sua prisão domiciliar, na segunda-feira. Chegando ao festival, Polanski foi conduzido a um elevador, enquanto seguranças o protegiam de uma multidão de fotógrafos. A esposa de Polanski, a atriz e cantora Emmanuelle Seigner, se apresentou no festival logo após a chegada do diretor.

Libertado de sua prisão domiciliar na Suíça depois de o governo local ter se recusado a deportá-lo para os Estados Unidos, o diretor de 76 anos ainda é alvo de um mandado de prisão da Interpol que continua a valer em 188 países. Polanski é acusado de ter feito sexo com uma garota de 13 anos em 1977. Ele só está realmente a salvo de ser preso na França, na Polônia e – depois da decisão dessa semana – na Suíça. As informações são da Associated Press.