O cantor canadense Justin Bieber foi autuado por pichação, informou a Polícia Civil do Rio de Janeiro, por meio de nota publicada em seu site. A autuação veio depois da imensa repercussão da passagem do cantor pelo Brasil, que incluiu festas com prostitutas numa casa alugada, já que os hotéis do Rio recusaram o grupo.

O canadense foi embora anteontem, seguindo para o Paraguai e outras cidades da América do Sul, onde continua sua turnê. Durante os dias em que ficou no país não foi importunado por agentes públicos.

O comando do 23.º Batalhão, no Leblon (zona sul do Rio), abriu uma sindicância para apurar por que a polícia, que estava presente na hora da pichação, não interferiu. Ontem, da Argentina, ele esquentou a polêmica publicando a foto da pichação no Instagram com a legenda: ‘Quem vai me parar?’.