O Palácio de Kensington informou nesta segunda-feira, 9, que príncipe Harry e Meghan Markle preferem que doações sejam feitas a instituições de caridade do que ganhar presentes de casamento tradicionais, como torradeiras ou chaleiras. O palácio afirmou que Harry e Markle “escolheram instituições de caridade que representam uma série de questões pelas quais são apaixonados”.

As instituições de caridade da lista do casal trabalham em apoio de aspectos como esporte para mudança social, empoderamento feminino, preservação do meio ambiente e ajuda a portadores de HIV. No total, são sete organizações: CHIVA (Children’s HIV Association); Crisis; Fundação Myna Mahila; Pequenos Soldados de Scotty; StreetGames; Surfistas contra o Esgoto e The Wilderness Foundation UK.