No próximo dia 15 de março de 2014, O Trio Quintina e sua banda de apoio “Quintina Orquestra” gravam um DVD ao vivo com repertório dançante composto em sua maioria por composições próprias e algumas releituras de clássicos da música brasileira.

Para o show que será registrado em DVD, o trio trará dois convidados especiais: Roseane Santos, carioca residente em Curitiba e grande intérprete de samba de gafieira, e o cantor Rubi, já consagrado no cenário nacional através do Prêmio Visa e que faz parte do mesmo selo que representa o Trio Quintina em São Paulo, o selo Sete Sóis.

O repertório do show/DVD contará com 12 canções compostas pelo Trio, entre elas: Aruanda (Trio Quintina), Direção (Trio Quintina), Samba do Waldemar (Gabriel Schwartz), Amor e Flô (Fabiano Silveira), e ainda 6 releituras para composições consagradas da MPB: Água de beber (Tom Jobim), Mas que nada (Jorge Benjor),  Construção (Chico Buarque), entre outras.

A estética deste projeto levou o trio a criar um termo para definí-lo como um novo estilo dentro da MPB, e também uma nova sigla muito sugestiva – MBP “Música Brasileira Progressiva”. Este nome se deve à maneira única que o Trio Quintina encontrou de mostrar em suas composições e arranjos a riqueza dos ritmos brasileiros, aprofundados em suas raízes e as influências da música moderna, através da guitarra elétrica e da mistura dos ritmos populares com o rock. Este termo refere-se também à valorização de solos e arranjos instrumentais dentro das canções.

Desde seu inicio o Trio Quintina teve como objetivos trazer originalidade em composições e interpretações e versatilidade na elaboração dos arranjos através da grande variação na instrumentação executada pelos três integrantes do grupo: Fabiano Silveira (violão e voz), Gustavo Schwartz (guitarra, cavaco, percussão e voz) e Gabriel Schwartz (flauta, sax, clarinete, percussão, bateria e voz). Depois de mais 10 anos de estrada, o Trio lança em 2009 seu quinto CD independente “Quintina Orquestra Trio”. Neste trabalho, diferente dos anteriores, o grupo decide somar suas possibilidades ao máximo criando arranjos que soam como uma verdadeira orquestra de sopros com uma base rítmica muito forte e inovadora.

Este trabalho lançado pelo selo Sete Sóis, rendeu muitos frutos colocando o grupo pela primeira vez na mídia nacional (Folha de São Paulo, JB, Diário do Nordeste, entre outros) levando o show de lançamento ao Rio de Janeiro (através do edital da Caixa Cultural) e São Paulo (Centro Cultural São Paulo).

A direção do DVD Música Brasileira Progressiva, será  de João Marcelo Gomes e da equipe da Ilex Cinema. O Repertório do DVD (que será todo captado em Full-HD) será semelhante ao do show e contará com a seleção das 18 músicas. As demais músicas registradas deverão integrar a parte de informações extras do DVD.

Serviço 

Quintina Orquestra Trio – Música Brasileira Progressiva (DVD)
 
Gabriel Schwartz – flauta, sax, percussão, arranjos de sopro e voz
Fabiano Silveira – violão de 7 cordas e voz
Gustavo Schwartz – guitarra, cavaquinho, percussão e voz
 
Músicos convidados
Graciliano Zambonin – bateria
Cris Julian – baixo
Victor Gabriel Castro – clarinete e sax alto
Sérgio Monteiro Freire – sax tenor e sax barítono
Rodrigo Brasão – trombone
Rogério Leitum – trompete
 
Convidados especiais
Roseane Santos – voz
Rubi – voz
 
Dia 15 de Março de 2014 às 23h00
Na Sociedade 13 de Maio (Rua Desembargador Clotário Portugal, 274)
Ingressos: R$ 15,00 até às 24h e R$20,00 após esse horário.