O trombonista Raul de Souza se apresenta amanhã em Curitiba, no Teatro HSBC, dentro da turnê nacional que está realizando para comemorar seus 55 anos de carreira.

Músicas novas e dos discos mais antigos permitem que o público acompanhe um verdadeiro raio-x da carreira de Raul de Souza, que tem reconhecimento nacional e internacional.

Em Curitiba, ele terá a companhia do grupo local NaTocaia durante a apresentação. A sessão está praticamente lotada. Quem quiser assistir ao show, precisa correr.

O show será especial em Curitiba porque o trombonista tem uma ligação íntima com a cidade. Morou aqui por cinco anos no final da década de 1950 e foi aqui que seus filhos nasceram.

“Quando eu falo que estou completando 55 anos de carreira, a pessoa me olha e diz: “esse cara está maluco’. E eu digo que não falo a minha idade”, brinca o simpático músico. “Estou muito feliz por chegar aos 55 anos de carreira, Não foi fácil. Mas a vida também não é só tristeza. Eu tive muitas alegrias. Eu estou muito feliz. Com saúde, cabeça jovem e espírito jovem”, fala, dando risada.

Raul de Souza conta que o início da carreira foi uma das fases mais críticas que viveu. Na época em que começou, era natural não dar tanta atenção para os músicos que faziam improvisações.

Essa dificuldade rondava o trombonista, que chegou ao ponto de ficar sem trabalho mesmo após ganhar um prêmio nacional, em 1957. Foi quando ele veio morar em Curitiba.

“Eu gravei em 1955 com a Turma da Gafieira, um grupo de oito pessoas. Somente nove anos depois eu gravei novamente um disco com improvisação”, comenta o músico.

Raul de Souza fez parte do grupo de Sérgio Mendes, em 1964, e no ano seguinte partiu para a carreira solo. O primeiro disco dele é sucesso atualmente, com regravações em vários países.

Somente quando foi para o México e para os Estados Unidos, o trombonista conseguiu reconhecimento efetivo pelo seu trabalho. “Foi quando a minha vida começou a mudar”, relembra.

Ele lançou três discos em solo americano e foram eles que o apresentaram para o mundo, inclusive o Brasil. Estes discos foram relançados recentemente no Japão.

Na carreira, Raul de Souza fez parcerias e tocou com grandes nomes da música nacional e internacional, como Hermeto Pascoal, Cal’Tjader, Lionel Hampton, Sarah Vaughan, George Duke, Stanley Clarke, Ron Carter, Frank Rosolino, Airto Moreira, Flora Purim e Milton Nascimento.

Hoje em dia, o instrumentista se divide entre o Brasil e a França, país de sua esposa. Quando vai para a Europa, Raul de Souza participa de diversos festivais. “A gente não para. Não pode parar”, ressalta.

O grupo curitibano NaTocaia, que acompanha Raul de Souza na apresentação, é formado por Glauco Sölter, Mário Conde, Jeff Sabbag e Endrigo Bettega. O trombonista já se apresentou outras vezes com o grupo. Composições de Glauco Sölter também estão no show desta quinta-feira.

Serviço

Show Raul de Souza e NaTocaia. Amanhã, às 20h30, no Teatro HSBC (Avenida Luiz Xavier, 11, Rua das Flores). Ingressos a R$ 5,00. Ingressos à venda pelo Disk Ingressos, Livrarias Curitiba e bilheteria do teatro.