A cantora e compositora Edith de Camargo, nascida na Suíça, mas radicada em Curitiba há 10 anos, apresenta-se ao lado do pianista Marcelo Torrone na próxima sexta-feira, às 20h, no Centro Paranaense Feminino de Cultura (R. Visconde do Rio Branco, 1717). Além de tocar piano e acordeon, Edith apresenta uma sonoridade vocal singular. O repertório do concerto "Noite Européia" é composto com canções próprias de seus dois CDs ("Lîla" e "Couleur du Temps"), assim como algumas canções populares de países europeus (Portugal, Inglaterra, Alemanha, Espanha , Itália e França).

Edith de Camargo começou a ter aulas de música aos seis anos, na Suiça, onde viveu até a adolescência. Depois de conhecer vários lugares na Europa, se apaixonou pela língua portuguesa e veio morar no Brasil. Estudou no Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba, e integrou o trio vocal "As Três Marias" e o grupo "Contempo Sonoro". Ganhou o prêmio "Gralha Azul" de melhor trilha sonora para teatro com a peça "Les Enfants du Paradis", dirigida por Flávio Stein.

O seu primeiro CD, lançado em 2001, recebeu dois prêmios "Saul Trumpet" ? o de melhor compositora e melhor canção ("Allumette"). O segundo CD foi lançado em 2003, produzido pelo amigo e colaborador Sébastian Paul Lucien. Atualmente, Edith dirige e integra o grupo Wandula ao lado de Marcelo Torrone, seu parceiro musical.

Marcelo Torrone participa do espetáculo como pianista acompanhante. Torrone divide com Edith a direção do grupo Wandula, que tem o minimalismo como a mais forte de suas influências. O pianista e compositor foi aluno de José Penalva e Chico Mello. Foi com eles que desenvolveu o gosto e o interesse pela música minimalista, muito utilizada no cinema e na dança contemporânea. Assim, suas músicas são freqüentemente solicitadas para compor trilhas sonoras de curtas-metragens e peças de teatro. Também desenvolve trabalho como educador musical e empreendedor de projetos musicais.

Serviço
Concerto "Noite Européia", com Edith de Camargo e Marcelo Torrone
Centro Paranaense Feminino de Cultura (R. Visconde do Rio Branco, 1717)
Sexta-feira, 23 de setembro, às 20h.
Ingressos a R$ 10,00 e R$ 5,00.