Fora do ar desde o final de 2016, Regina Casé agora tem mais um problema para se preocupar, além do período distante da telinha. Segundo informações da colunista Keila Jimenez, a apresentadora está sendo processada pela família de um menino de 8 anos, exibida no extinto programa Esquenta supostamente sem autorização.

A conversa foi gravada cinco dias antes de o garoto falecer – na ocasião, ele estava internado com um tumor cerebral e falou sobre a doença à equipe do programa, mas os pais não autorizaram a gravação nem a exibição. Na ação, os pais do menino pedem indenização de R$ 4 milhões por danos morais – o processo também é contra a Globo.

Após ter projeto reprovado pela Globo, Regina Casé é escalada para novela