Final de semana tá aí e a Tribuna do Paraná preparou uma lista de atividades para te sugerir um “rolê” esperto, seja sozinho, seja com amigos ou familiares. A regra desta lista é: “Tribuneiro: diz aí um restaurante legal (ou um show, quem sabe um filme) para conhecer”. As respostas são estas que estarão listadas a seguir.

Se você decidir aceitar nossa indicação, conta pra gente o que achou aí nos comentários.

Um filme

Te Peguei (comédia)

Um grupo de amigos se reúne todos os anos, desde 1983, para brincar de “pega-pega”. Um dos caras jamais foi derrotado nesta esquisita disputa e os demais decidiram que chegou a hora de derrotá-lo. Segundo o Diego Petri, titular do Blog Não é Spoiler, este é o filme mais bacana como passatempo para este final de semana.

O filme está em exibição no Shopping Estação e no Pátio Batel em vários horários. Dá uma olhada neste guia para ficar por dentro de preços, promoções e outros detalhes!

Um show

Alexandre Pires (samba e pagode)

Até roqueiro sabe cantar uma música do Só Pra Contrariar. Se por uma loucura da vida ele não souber, com certeza ele conhece uma do Raça Negra, do Negritude Júnior, do Molejo, Art Popular ou algum outro grupo de pagode dos anos 90. Essa é a proposta do Alexandre Pires e o seu “Baile do Nêgo Véio”. Essa é minha indicação de show para o final de semana.

Tem ingresso a partir de R$ 80 e você pode saber todos os detalhes clicando aqui ó – > Show do Alexandre Pires!

“Papá honesto”

A resposta do editor Felipe Raicoski foi de bate-pronto: “Hamburgueria Água Verde”. Diz o pequeno (o Felipe não é exatamente um gigante em estatura) que o hambúrguer de fraldinha é ABRE ASPAS ” Coisa Linda” FECHA ASPAS. Custa R$ 14,90 e você pode escolher os queijos e saladas que acompanham o sanduba.

E ai, turma do Água Verde? Já foram lá? Vejam aqui mais detalhes e como chegar na hamburgueria.

Restaurante Bacanudo

Comer bem, é bom demais. Sabemos que nem sempre podemos dispor de uma grana alta para frequentar os restaurantes mais caros da cidade, mas de vez em quando vale o sacrifício pra fazer aquele agrado na patroa, aquele mimo pro crush. O Terra Madre, que fica no Bigorrilho, dizem as boas línguas (neste caso a nossa editora Ana Carolina Bendlin) é “um tapa na cara da sociedade curitibana”, de tão bom. Dei uma olhada no cardápio e me encantei com o tal de “Entrecôte de angus com nhoque à romana, gorgonzola e pancetta crocante”. Se for tão bom quanto parece pelo nome e pela nossa imaginação, vale o investimento: R$ 84

Dá uma olhada dos detalhes, horários, endereço e preços do Terra Madre.