A coleção da VRom literalmente entrou em campo para abrir o quinto dia do SPFW foi no Estádio do Pacaembu em São Paulo. Nas arquibancadas amarelas do estádio, desfilaram uniformes de diversos times do futebol brasileiro dos anos 20 e 40. Em modelagens chiques, pois naquela época o futebol era um esporte de elite e ir a um estádio era um acontecimento.

O glamour da época foi transportado para a coleção da VRom. O juiz fez parte do show em preto e branco com listras nas calças. Os jogadores com cores suaves (verde, rosa, azul, amarelo e bege). O corte estava perfeito.

fausehatenfem1.jpgAs bailarinas clássicas foram a grande influência na coleção feminina de Fause Haten, vestidos de saias volumosas, nos pés, sapatinhos redondos com fita de seda. Algumas calças e bermudas em sedas, mas o que predominou mesmo foram saias exageradas.

O estilista Mareu Nitschke retratou o Brasil em seu desfile de uma maneira ao mesmo tempo intrigante e sombria. A cor predominante dos tecidos molengas foi um azul cinzento uma referência sutil a bandeira do Brasil. O amarelo e verde também foram usados. Baianas e tucanos estavam em estampas, porém desfocados.

As modelos desfilaram um pouco duras e para representar o gingado brasileiro foram coladas colunas coloridas no meio da passarela em que as modelos tocavam no começo e no final do desfile para que elas ficassem balançando.

Huis Clos. Numa leitura semiótica, uma modelo abriu o desfile totalmente nua. Após a apresentação, toda a sala se iluminou e as pessoas puderam ver um salão de costura montado no meio do espaço além de Clô Orozc, muito emocionada, acompanhada de sua equipe. Muitos laços nos ombros, na cintura, nas costas nos quadris, Linhas retas. Coleção em tons pálidos, sobressaindo o amarelo nos acabamentos.

andrelima.jpgAndré Lima, flores, flores por todo o canto. Muita exuberância em clima de praia. Decotes generosos, alças, tomara-que-caia, franzidos, drapeados e godês.

Lino Villaventura, conhecido por criar na beleza exótica apostou nesta edição do SPFW na simplicidade da mulher, na beleza quase crua. Inspirando nas mulheres dos desenhos animados para compor este conceito. O cabelo veio escondido em uma espécie de toca (um body estampado que cobre da cabeça até as mãos) o que se sobressai é a maquiagem.

desfvrom1.jpgVR Menswear A coleção usa streetwear com alfaiataria: blazer com aplicação de moleton e paletó com bermuda. O uso de muita tecnologia tanto no visual como nos acessórios.

Eduardo Suppes O predomino da cor verde e a ausência do preto mesmo em um clima urbano e como não podia deixar de ser tropical.