Um dos empresários responsáveis pela edição 2010 do festival Woodstock revelou ontem via twitter algumas informações sobre o evento. Eduardo Fischer, conhecido pela organização do festival Maquinaria, em parceria com Perry Farrel, do Loollapalooza, pretendem trazer pelo menos três dias de shows de rock no que consideram que será o “maior evento de conscientização e sustentabilidade”.

Fischer declarou que amanhã fará uma viagem para as últimas rodadas de negociação e que o local e a data ainda não estão fechados. As negociações com órgãos públicos para realização do projeto já estão em fase final. “É certo que será no estado de São Paulo”, declarou o empresário.

Sobre as bandas que farão os shows, ele pediu a sugestão do público. “Vocês já sabem que o espírito será de Glastonbury e Coachella, mas o line up de bandas ainda não está fechado.

Continuem mandando os pedidos de bandas por que estamos levando os pedidos em consideração e quando muita gente quer a mesma coisa, maior a chance de dar certo”, afirmou.

Questionado sobre a demora na divulgação das informações, Fischer explicou que o projeto é complexo e envolve muitas partes. “Não dá para falar sobre o que ainda não está certo. Falo hoje menos do que gostaria, mas tudo o que posso por enquanto”, conta. Várias agências de notícias divulgam especulações sobre o evento desde abril. O evento seria realizado na Fazenda Maeda, em Itu, no início de outubro.