Grease1.jpgQuem viveu intensamente a década de 80 não esquece John Travolta e Olívia Newton-John. Quem curtiu intensamente os anos 80 não esquece ?Grease?! Impossível não se emocionar com essa história de amor ambientada nos mágicos anos 50. Esse filme, que também virou musical da Broadway, marcou uma época na história do cinema mundial ? marcou uma geração inteira.

E foi influenciado por todo esse clima que João Luiz Fiani decidiu levar ao palco uma deliciosa montagem inspirada nessa história. Foi dentro desse espírito de ?saudade? que João Luiz Fiani, Os Comediantes e a Cia Máscaras de Teatro produziram ?Grease é A Magia dos Anos 50??.

?Adoro esse filme. Já vi mais de 10 vezes. Tive a oportunidade de assistir também a montagem da Broadway com Brooke Shields no papel da Rizzo. Considero ?Grease? um divisor de águas no jeito de fazer musical. O humor foi colocado com muita propriedade! Senti a oportunidade de levar ao palco essa história numa versão ainda mais engraçada. Brincando com os personagens e uma história simples, escrevi A Magia dos Anos 50? explica João Luiz Fiani, autor e diretor do espetáculo.

Fiani que tem em seu currículo grandes sucessos do teatro paranaense acha que essa montagem deve seguir o mesmo caminho: ?Grease foi a grande inspiração. E não tem nada melhor que homenagear o que gostamos. Senti um prazer enorme ao executar esse projeto. É um espetáculo com todos os ingredientes para agradar ao grande público. Uma história simples, que mexe diretamente com as pessoas, uma produção esmerada e grandiosa. Enfim, feita com muito cuidado para atingir o nosso maior objetivo: divertir? conclui.

No elenco, vivendo John Travolta, o hilariante Marino Jr, que se firma como um dos maiores comediantes que já surgiram nos últimos anos no teatro paranaense. E fazendo o par romântico com Marino, Anna Rafaela Bacila, uma grata revelação do teatro paranaense, que recentemente fez Ofélia na montagem de Hamlet, um dos grandes sucessos do Festival de Teatro de Curitiba deste ano.

?É um desafio. Além de representar, canto e danço muito nessa montagem. Saio exausto. É bom demais estar em cena de uma maneira tão completa. Estou me divertindo com esse personagem. Poder viver os anos 50, tão significativos na história recente da humanidade, é muito bom? comenta Marino Jr.

No elenco, selecionado através de testes que exigiram conhecimentos de dança e canto, 30 atores levam ao palco todo o clima da década de 50, entre os quais destacam-se Jader Ales, Rogério Bozza, Sônia Bacila, Marcyo Luz, Bia Gualberto, Joel Vieira, Mike Schinda e Marcelo Capone.

A produção se preocupou com todos os detalhes para propiciar essa viagem pelo túnel do tempo da história. Cenário, figurino, músicas, tudo dentro do astral dessa década mágica. Podemos destacar coreografias originais de Deborah Kramer, direção musical de Marcyo Luz, arranjos de Gerson Rosa, sonoplastia de Jader Alves, cenário de João Luiz Fiani, figurinos de Thamis Barreto e iluminação de Glaudiane Krull.

CURITBA ? ANOS 50

Além do espetáculo, que nos remete aos mágicos anos 50, a Cia Máscaras de Teatro, em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba ? Casa da Memória, organizou a exposição de fotografias ?CURITIBA ? ANOS 50?. Uma viagem através da memória fotográfica de Curitiba. ?Foram selecionadas fotos da década de 50 para propiciar ao público que entra no teatro toda a ambientação desse período. São fotos que farão o espectador embarcar no clima nostálgico do espetáculo. Pesquisamos mais de XX fotos para escolher aquelas que realmente poderiam nos levar àqueles tempos? explica Thamis Barreto, diretora de produção e responsável pela exposição. Além de fotos de Curitiba, a exposição ainda tem imagens de mensagens publicitárias da época.

A exposição ?CURITIBA ? ANOS 50? acontecerá no Hall do Teatro Lala Schneider e permanecerá enquanto o espetáculo estiver em cartaz.

Serviço
GREASE É A MAGIA DOS ANOS 50?
Sextas e sábados à meia-noite no Teatro Lala Schneider – Rua Treze de Maio, 629 ? inf.: 3232-4499 – Ingressos: R$ 16,00 (Inteira) R$ 12,00 (bônus) R$ 8,00 (estudantes, professores e maiores de 65 anos).