O sertanejo Sorocaba foi condenado a pagar uma indenização milionária a Paulo Pissoloto, seu ex-empresário. Segundo o colunista Léo Dias, o processo, que corria na justiça desde 2010 foi julgado a favor de Paulo na 6ª Câmara Cível de Curitiba.

Ele reclama que Sorocaba rompeu a relação de trabalho quando se mudou para São Paulo, levando ônibus, van, carretas e até um avião, além de não pagar a multa contratual. Hoje, a indenização é de mais de R$ 8 milhões. Número que segundo o escritório do artista, deveria ser algo entre R$ 800 mil e R$ 1,5 milhão.