Foto: Divulgação

Elba Ramalho não perde a raiz de sua música.

A raiz da música nordestina e a discussão de temas políticos, sociais e humanitários em canções de diversos ritmos diferentes estarão hoje no palco do Teatro Guaíra. Tudo isto fará parte do show da turnê Raízes e antenas, da cantora Elba Ramalho.

Primeiro trabalho independente da artista, o CD Qual o assunto que mais lhe interessa? traz, em sua maioria, músicas de compositores nordestinos mas também a participação de artistas inusitados no estilo musical de Elba, como Frejat (do Barão Vermelho).

?Neste trabalho, tento mostrar uma sonoridade mais universal sem perder a raiz da minha música. O disco ficou muito instigante, tem um posicionamento político, social e humanitário muito forte. Mas as músicas também são revestidas de instrumentos eletrônicos e tradicionais, como tambores, flautas e guitarras?, descreve Elba. Ela contou que o show traz as músicas novas do CD, mas também vai lembrar antigos sucessos, como a romântica Gostoso demais e o conhecido frevo Banho de cheiro. Músicas de Chico Buarque (Palavra de mulher), de Lenine (Miragem do porto) e de Zé Ramalho (Frevo mulher) também serão interpretadas por Elba no palco do Guairão. ?O show foi especialmente preparado para esse CD, com banda nova com mais de dez músicos, cenário novo, tudo novo, feito com muito carinho. Depois de 28 anos de música, o meu público já sabe o que vai encontrar no teatro, e eu garanto que será uma noite linda?, completou.

Com o posicionamento crítico típico, Elba conta que esse CD trouxe mais ainda a intenção de dialogar com o público sobre temas polêmicos e fazê-lo refletir. ?O CD é um poema. Questiona o amor, Deus, a fé. É um disco forte, que não vacila nas canções?, resume. Juntamente com o CD, Elba lançou um DVD, que deve chegar às lojas em outubro. O DVD mostrará um pouco da intimidade da artista na Paraíba e em Trancoso (Bahia), em sua residência, no Rio de Janeiro, além do primeiro show da turnê, gravado em São Paulo.

Serviço

Show da Elba Ramalho, hoje, às 21h, no Teatro Guaíra. Ingressos na platéia, R$ 80; primeiro balcão, R$ 60, e segundo balcão, R$ 50. Meia entrada para estudantes e idosos. Com o cartão fidelidade do teatro, desconto de 20% em um ingresso.