Suzy Rêgo não esconde a empolgação quando o assunto é sua participação em Floribella, da Band. Na pele da vilã Malva, a atriz tem dois motivos em especial para comemorar. O primeiro é a oportunidade de, pela primeira vez, trabalhar para o público infantil. O segundo é o fato de já estar escalada para a segunda temporada da trama, com estréia prevista para o primeiro bimestre de 2006. Apesar de não saber como vai ser feita a transição da primeira para a segunda fase, Suzy está animada com o convite para Floribella 2. "É uma demonstração de que a Band está acreditando na sua teledramaturgia", valoriza.

Satisfeita com o sucesso de sua personagem na novela, a atriz acrescenta que o reconhecimento do público também é motivo de alegria. Inspirada nas desastradas vilãs Cruella, de 101 Dálmatas, e Mortícia Adams, de Família Adams, Suzy ressalta que adora poder brincar com o tom bastante caricatural da Malva. "Gosto desse universo de conto de fadas e de magia. Além disso, o mais interessante é que ela faz uma maldade aqui e se dá mal em seguida", destaca, entre risos.

Nome: Suzy Sheila Rêgo.

Nascimento: 11 de março de 1967, no Rio de Janeiro.

Primeira aparição na tevê: Em O Salvador da Pátria, da Globo, de 1988. "Foi a realização de um grande sonho".

Momento marcante: A peça Sete Minutos, de Antônio Fagundes. "Fizemos uma temporada de sucesso em Portugal e chegamos a nos apresentar para 3 mil pessoas numa única noite".

Atuação inesquecível: A Ângela de Caixa Dois, de Juca de Oliveira. "Ganhei o prêmio Mambembe de melhor atriz coadjuvante".

Ao que gosta de assistir na tevê: "Documentários, séries e novelas".

Ao que não assiste nunca: Linha Direta. "Mesmo sendo um programa que ajuda a encontrar foragidos da Justiça, acho muito sufocante".

O que gostaria que fosse reprisado: A Viagem, da Globo. "Até hoje as pessoas se lembram da minha personagem, a Carmen".

O que falta na tevê: "Programas que valorizem ações de cidadania".

Ator: Paulo Autran.

Atriz: Bibi Ferreira.

Com quem gostaria de contracenar: Bibi Ferreira.

Personagem dos sonhos: "Interpretar um homem no teatro".

Mania: "Estalar o corpo inteiro".

Qualidade: Franqueza.

Defeito: Franqueza.

Vexame: "No Japão, durante um brinde, falei em alto e bom som a palavra ‘tintim’, o que para eles significa homem pouco dotado".

Projeto para o futuro: "Atuar ao lado da Bibi Ferreira".