O Centro Cultural Teatro Guaíra e o Corpo de Bombeiros arrecadaram neste domingo, durante a programação do Teatro para o Povo, brinquedos que serão entregues às crianças vitimas pelas enchentes em Santa Catarina. Vários artistas se apresentaram voluntariamente em shows e peças teatrais em dois ônibus-palco, estacionados em frente ao Guairão, junto a veículos antigos do Corpo de Bombeiros. O público compareceu e trouxe seus donativos. A festa de entrega dos brinquedos arrecadados será no dia 20 de dezembro nos abrigos ainda existentes em Itajaí e Navegantes.

No Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão), o Balé Teatro Guaíra e a Orquestra Sinfônica do Paraná apresentaram o espetáculo de gala “O Quebra Nozes”, com a participação dos alunos da Escola de Dança Teatro Guaíra.

O Grupo Merengue apresentou no Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha) “Surpresas na Árvore de Natal”, com os atores Olga Romero e Jorge Vigário.

O ACT (Ateliê de Criação Teatral) lotou o Auditório Glauco Flores de Sá Britto (Mini) com a peça “Henfil Já!”. Participaram da montagem os atores Moacir Leal (Moa), Gabriel Gorosito e André Coelho, com direção de Nena Inoue.

O público assistiu no Auditório José Maria Santos o espetáculo “Volta ao Dia”, da Companhia Brasileira de Teatro, com as atrizes Cristiane Macedo e Maureen Miranda, sob a direção de Márcio Abreu.

À tarde, em frente ao Guairão, os dois ônibus-palco estacionados junto à veículos antigos do Corpo de Bombeiros, aconteceu uma série de shows e peças teatrais que tiveram como apresentadores o cantor e compositor Paulo Chaves e o ator e diretor João Luiz Fiani.

O cantor Márcio abriu a série de apresentações interpretando músicas natalinas. Na seqüência foi apresentada a peça infnatil A Cigarra e a Formiga, seguida da banda O Sebbo, dos palhaços Sarrafo e Wilson, o humorista Fábio Silvestre, o Circo S.A., e o trio curitibano da Relespública. Também foram distribuídas revistas de histórias em quadrinhos do artista Rodrigo Belato que há 21 anos desenha e escreve roteiros no gênero.

Bombeiros

Carros e uniformes antigos do Corpo de Bombeiros fizeram a alegria de muitas crianças que puderam vestir peças do uniforme. Para o Ten. Cel. Luiz Henrique Pombo do Nascimento, do Estado Maior do Corpo de Bombeiros, o fato de participar de uma ação como essa junto ao público “é sempre prazeroso, porque o contato com a população é uma atividade que me proporciona alegria e satisfação, para além do trabalho”.

“O evento nos mostra de forma efetiva que a cooperação e a união entre órgãos para realizar qualquer atividade ou evento tem como maior beneficiário a comunidade que temos como obrigação atender. A soma de esforços não só viabiliza as ações, que muitas vezes seriam inviáveis para um único órgão, mas ainda as torna mais efetivas”, disse a diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra, Marisa Villela.