Teatro.jpgO projeto Teatro para o Povo Verão começa neste domingo, com atrações nos quatro auditórios do Centro Cultural Teatro Guaíra. As apresentações serão às 11 horas e a entrada será um quilo de alimento não-perecível.

No Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (Guairão), a Orquestra de Harmônicas comemorará seus 27 anos de fundação e lançará o novo CD, sua nona produção fonográfica. O trabalho começou para resgatar, divulgar e formar uma verdadeira orquestra de harmônicas.

O grupo é formado por Jonas Bach, Dario Pacheco (harmônica solo), Eduardo Pereira (polyphonias), Gilberto Passos Lima, Alexandre Koslowski (harmônica contralto), Camila Prevedelto Pereira, Renato Daher (harmônica tenor), Daniele Haach , Luiz Horning Collaço (harmônica barítono), Marsal Nogueira Pinto (contrabaixo), Paulo Santos Mendes (percussão), Eduardo Pereira (direção executiva) e Jonas Bach (direção musical).

No Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha) será apresentada a peça infantil Contadores de Histórias, com Regina Vogue Produções. É uma trupe de clows, vinda não se sabe de onde, traz na bagagem sonhos e fantasias. São contadores de histórias que viajam pelo mundo e encantam com belas fábulas. Diálogos simples e situações engraçadas levam ao universo da criança um enriquecimento cultural e humano, estimulando-as  a enfrentar a realidade e a atuar de forma mais positiva no seu dia-a-dia.

Contadores de Histórias têm texto e direção de Maurício Vogue, que também assina o cenário, e coreografias de Carmen Jorge. Os figurinos e os adereços foram criados por Ricardo Garanhani. No elenco, Adriana Seiffert, Ismael Ochner, Katiuscia Canoro e Ivete Bozaski.

Química do Amor será a peça em cartaz no Auditório Glauco Flores de Sá Britto (Miniauditório). O texto fala sobre o amor, ou melhor, sobre relacionamentos de casais. A busca incessante do ser humano por um amor sincero e verdadeiro. As loucuras vividas, os dramas criados, os sofrimentos, as alegrias, o prazer que se sente quando está amando. Direção de Humberto Gomes e a participação dos atores Júnior Costa, Juscelino Zilio, Márcia Gomes e Renata Vendramin.

Para quem gosta de música, a dica é assistir o show do Grupo 3 de Paus, no Teatro José Maria Santos. O grupo existe desde 1993 e tem como proposta principal temas de humor da música caipira (a música raiz). O repertório abrange um período da história musical que vai dos anos 30 aos 80, com obras de compositores como Raul Torres, Alvarenga e Ranchinho, Jararaca e Ratinho, Nhô Belarmino e Nhá Gabriela, Jacó e Jacozinho além de compositores mais atuais como Rolando Boldrin, Tom Zé e Wandi Doratiotto.

E, como nos shows das duplas tradicionais, as canções são intercaladas de ?causos? e muito humor caipira. Formam o grupo  Luizinho  Bacuri  (violão e voz), Zicão Cadorna (viola caipira e voz) e Zé Bodega (viola caipira).