Foto: Divulgação

Mostra de Gustavo Stephan.

A exposição itinerante Terra e Juventude, do fotógrafo Gustavo Stephan, aborda a realidade dos jovens rurais do Sul do País e chega a Curitiba em 8 de fevereiro. Promovida pelo Instituto Souza Cruz – organização não-governamental sem fins lucrativos, que atua em prol da educação do jovem do campo -, em parceria com o Ministério da Cultura, a mostra fica na capital paranaense até 5 de março.

Especializado em fotojornalismo documental, Stephan acompanhou o dia-a-dia de jovens rurais inscritos nos núcleos do Centro de Desenvolvimento do Jovem Rural (Cedejor) – programa social que visa desenvolver o espírito empreendedor dos jovens para que eles se tornem agentes de transformação de sua própria realidade. O Cedejor atende jovens entre 17 e 22 anos, oferecendo formação educacional complementar à escola formal.

Registrando imagens das atividades que eles desenvolvem nos núcleos que freqüentam, Stephan produziu cerca de duas mil fotos para selecionar as cem que compõem a exposição. ?Conhecer o interior do Brasil fotografando sempre foi a minha paixão. Nesses quase 20 anos de profissão, venho captando imagens que possam mostrar as dificuldades e encantos dos moradores do campo?, explica.

Stephan documentou quatro núcleos com turmas em estágios diferentes e revela que pôde perceber rapidamente como o jovem começa a atuar e contribuir na melhoria da sua comunidade. ?Fazer fotografias do Cedejor foi um prazer. Desde o primeiro contato, me identifiquei com esse projeto, que une os jovens e faz com que eles possam sonhar juntos?, comenta animado.

A mostra conta também com a exibição do filme homônimo do cineasta Marcelo Goulart, e que foi produzido por Lorena Bondarovsky. O vídeo tem duração de 11 minutos e foi realizado a partir do trabalho de Stephan. Assim como a exposição, a idéia do vídeo foi captar as dificuldades, sonhos e desafios vividos pelos jovens rurais, o trabalho educativo realizado pelas organizações não-governamentais junto a este público e os resultados obtidos a partir da educação no campo.

Depois de Curitiba, Terra e Juventude desembarca na cidade de Irati (PR). Em seguida, vai para Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF), permanecendo em cartaz por cerca de um mês em cada local.

Serviço:

Exposição Terra e Juventude – 8 de fevereiro a 5 de março de 2006 – Local: Memorial de Curitiba Praça Iguaçu -Endereço: Rua Claudino, s/n Centro Histórico de Curitiba telefone: (41) 3321-3300.

Horário de visitação: de terça a sexta, das 9h às 12h e de 13h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 9h às 15h – Entrada: franca.