Aos dez anos de carreira, Thiago Lacerda chega a Curitiba com a peça Calígula, que faz parte da programação da Mostra 2009 do Festival de Curitiba. A peça será nos próximos dias 19 e 20, no Teatro Guaíra.

O ator é protagonista do espetáculo que conta a história de Gaius Caesar Germanicus, conhecido por Calígula, terceiro imperador romano. Ele esteve no poder entre 37 e 41 d.C e morreu aos 37 anos.

Gaius era conhecido na época pelo seu desespero existencial, pela sua extravagância e pela sua crueldade. “Gaio é como um vetor e uma grande força de questionamento. Na verdade Calígula é um espetáculo surpreendente. É uma peça que tem uma proposta e um rigor muito interessante. O Thiago não é o Thiago durante a apresentação”, conta o ator.

No decorrer da trama, um beijo entre o personagem de Lacerda e Pedro Henrique Mountinho acontece. “O beijo é uma questão engraçada. Todos têm muita preocupação em como será a reação, mas acredito que isso é uma coisa absolutamente natural. Não tenho maiores preocupações com isso, o beijo na verdade é uma celebração para Calígula e também para a poesia”, analisa.

Dentre os 100 minutos de atuação, Lacerda afirma que o final da peça é a parte mais emocionante. “Esse é o momento que Calígula chega aonde ele sempre quis chegar, o momento da morte e do último suspiro. Diante disso ele tem um discurso objetivamente socializado. As pessoas se emocionam ao verem um louco, uma figura sádica, potencialmente e moralmente pervertida, que naquele momento, estão representadas em um menino”, conta.

Sobre seus dez anos de carreira, o ator afirma que Calígula está sendo o momento perfeito para comemorar. “Esse é um momento de reflexão e de festa para mim, e por que não celebrar? A peça coincidiu com os meus dez anos de carreira, e acabou, sim, virando uma comemoração”. afirma o protagonista.

Planos

Lacerda afirma que as apresentações de Calígula devem encerrar no próximo mês. A partir daí, o ator começa a se dedicar na próxima novela das oito, de Manuel Carlos.

“Confesso que estou ansioso para retornar à televisão. Sei muito pouco sobre a novela e meu personagem. Além de Manuel Carlos, irei trabalhar com um grande amigo, o diretor Jaime Monjardim”, afirma. Após o termino das gravações da nova novela, Lacerda afirma que pretende voltar aos palcos com Calígula.

Serviço

A peça Calígula será apresentada dias 19 e 20 (quinta e sexta-feira), às 21h, no Teatro Guaíra (Rua Conselheiro Laurindo, s/n.º, Centro, em Curitiba). Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou através da central de ingressos do Festival de Curitiba, localizada último piso do Shopping Mueller. O valor da entrada é de R$ 40 e R$ 20. Maiores informações através do site www.festivaldecuritiba.com.br.