A festa de música eletrônica TribalTech já se tornou tradicional em Curitiba, mas nesse ano vai trazer um toque ainda mais diferente. Além deste gênero musical, a edição 2018, programada para este sábado (22), no Usina 5, no Prado Velho, vai trazer a banda Planet Hemp, Mano Brown, Boogie Naipe e a curitibana Karol Conka.

Feliz por se apresentar por aqui novamente, Karol, que é do bairro Alto Boqueirão, disse que estar num evento como a TribalTech é especial por gostar de misturar ritmos em seu som. “Por isso, escolhi o nome Ambulante para o meu novo disco, porque trânsito por vários lugares e por vários ritmos”.

O novo disco de Karol, que ainda não foi lançado, vai ter 10 músicas inéditas, todas produzidas na casa da cantora. “A referência que busquei para escrever as canções foi o meu cotidiano de vida. O álbum tem seu peso e sua leveza e um toque de sensualidade”, adiantou.

Estar em Curitiba, para ela, é um momento de lembranças. “Sinto saudade dos amigos, da minha família, da tranquilidade de Curitiba. Também sinto falta de caminhar pela cidade, onde a distância favorece o tempo”, disse ela.

Para o show, Karol Conka está preparando um repertório especial que tem tudo a ver com a ideia da festa. “Minha ideia é convidar o público a mergulhar um pouco mais no meu universo de reflexão. Além disso também aliviar a tensão enquanto se entregam nos ritmos variados”, avaliou a cantora.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Cultura alternativa

Além de Karol Conka e os outros nomes da música brasileira, a TribalTech também vai trazer os tradicionais sons eletrônicos em sete palcos. Ao todo, são 70 atrações musicais, como Modeselektor, Vera, Fred P e Medlar, que são apenas alguns dos destaques internacionais.

No palco principal, o techno vai ser comandado pelas mãos de grandes artistas internacionais como Ben Klock, Len Faki e Dubfire, além da presença de Guy Gerber e Solardo que vai garantir diversidade à pista. Os ingressos, que podem ser comprados pelo site AlôIngressos, custam a partir de R$ 150.

Briga entre TV e Netflix faz mais uma ‘vítima’