Após o sucesso em 2016, retorna a Curitiba o Universo Casuo, criado há cinco anos por Marcos Casuo, que foi protagonista do espetáculo Alegria, do Cirque Du Soleil. Assistido por mais de 2 milhões de pessoas em todo o Brasil, a montagem une números acrobáticos, clown, música ao vivo e efeitos especiais em um universo paralelo regado por cores, sonhos e fantasias capazes de conquistar das crianças aos adultos.

A trupe desembarca na capital paranaense no próximo dia 26 de maio, com seu novo espetáculo Grand Spectacle du Cirque para única apresentação no Teatro Positivo. A montagem é um novo conceito em arte circense, com uma exibição altamente moderna, mas com a essência lúdica do mundo do circo.

O palhaço mais conhecido no mundo encanta com o show que reúne uma combinação emocionante de artes acrobáticas, humor, poesia, design extravagante e uma trilha musical criada por Charlie Dennard – músico, compositor e band líder do famoso circo canadense, especialmente para o Universo Casuo. “Um espetáculo de qualidade, com muito conforto, tecnologia, arte com poesia, música ao vivo e respeito aos espectadores, como ocorre nos grandes circos internacionais”, avalia Marcos Casuo.

 

O Espetáculo conta a história de um universo paralelo, o Universo Casuo, através do gramelô, língua oficial desse planeta multicolorido, um lugar diferente, onde tudo é possível. O personagem denominado Clown percebe que a Terra, o Planeta Azul, o qual, antigamente esbanjava cores, hoje está desbotada, quase sem cor. O palhaço resolve atravessar o portal, entrar no nosso mundo para trazer de volta os sonhos, as fantasias e assim torná-lo novamente colorido.

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Pura magia

O Universo Casuo utiliza a mesma forma lúdica que os circos internacionais, artistas de altíssimo nível como equilibristas, malabaristas, músicos, performances e a poesia do Clown responsável pelo enredo da história. O show foi desenvolvido por Casuo através de anos de pesquisa em suas viagens ao redor do mundo com o “Alegria”: “Como não podia ser diferente, depois de tantos anos com a companhia Canadense, o “UC” tem a mesma plataforma do Cirque, isto é, um circo moderno e vibrante, que conta uma história através de performances de vários artistas, com roupas e maquiagens ligadas ao espetáculo, enredo próprio ao som de música ao vivo e muitos efeitos de luz”, comenta.

O figurino do espetáculo é de encher os olhos; feito a mão, foi pintado com as cores da cromoterapia, nos tons infinitos do Universo que é vasto e rico em degrades, brilho, cores e principalmente luz. Já o do protagonista, tem um toque a mais, é assinado por Chico Spinoza, conceituado figurinista e carnavalesco de imenso talento que já mostrou seu trabalho nas melhores escolas de samba de São Paulo e Rio de Janeiro.

Partiu?

O espetáculo está programado para começar a partir das 21h15. Os ingressos já estão disponíveis e variam de R$50 (meia-entrada) a R$190 (inteira), de acordo com o setor. A venda é pelo Disk-Ingressos.