Vanessa da Mata lança Essa boneca tem manual, pronta para enfrentar as expectativas associadas ao segundo disco de um artista. Essa mato-grossense de cabeleira farta surgiu em 1999 com a canção A força que nunca seca, parceria com Chico César, cantada por Maria Bethânia, que a colocou como título de seu disco. Três anos depois, lançou seu CD de estréia, dentro do que se espera de quem chega ao mercado, cartão de visita para uma cantora de timbre agudo, autora de composições de inspirada veia poética.

Agora a história é outra. “O disco está com uma cara boa, solta, jovem, sem querer ser nada, só sendo a gente”, proclama. A segurança adquirida nestes anos de batalha a levou a intervir mais no resultado final, assinado como super-Liminha, também produtor do primeiro disco, aqui jogando nas onze, tocando vários instrumentos, e dividindo composições com ela.

Serviço:

Essa Boneca tem manual, show com Vanessa da Mata, no Teatro Fernanda Montenegro, hoje, às 21h. Informações: 224-4986.