É falso o videoclipe que circula nas redes sociais e que indica que cantores, entre eles Chitãozinho & Xororó, Sandy e Ivete Sangalo, estariam contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL). O clipe realmente foi feito e idealizado pela dupla sertaneja, mas não com o objetivo de um posicionamento contra algum candidato político e sim para mostrar o que os cantores esperavam do país nos próximos anos.

 

Confira o vídeo original gravado pelos artistas:

O que causou confusão?

A presença de alguns artistas notoriamente contrários a Bolsonaro, como Caetano Veloso e Gilberto Gil, assim como trechos da música, que faz referência a “um país sem medo”, à união de “brancos, índios, amarelos e negros” e ao mote de “nada vai calar a nossa voz”,  fizeram com que muitos internautas confundissem a mensagem com uma campanha contra o candidato.

Além disso, conforme apurou a reportagem da Tribuna do Paraná, o clipe original, intitulado como A Nossa Voz, foi alterado e as imagens editadas para que, entre um trecho e outro, desse a entender que a música repudia o candidato Bolsonaro. Causando desconforto, pessoas ligadas à dupla Chitãozinho & Xororó alertaram que o vídeo é uma montagem que não foi autorizada por nenhuma das partes envolvidas.

Quando foi lançado, em agosto, como parte de uma campanha da ONG Amigos do Bem, tanto a dupla, quanto os demais os artistas que participaram do vídeo, ao divulgarem o material, deixaram explícito que se tratava de um manifesto da população para se valer da SUA voz. “Reforçamos veementemente que se trata de algo apartidário e o convidamos para se juntar a esse coro”.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Posicionamento dos artistas

A dupla Chitãozinho & Xororó, inclusive, chegou a publicar nas redes sociais um repúdio às distorções que começaram a surgir. “Repudiamos qualquer tentativa de uso indevido desse material que não seja única e exclusivamente uma ferramenta de reflexão sobre suas próprias escolhas. Em absoluto tem qualquer cunho político”.

Quando se apresentou em Curitiba, Junior Lima, filho de Xororó e que formou dupla com Sandy por 17 anos, comentou a participação no vídeo. “Acho fundamental e necessário que existam movimentos assim, iniciativas assim. Foi algo pessoal do meu pai, que me ligou com a letra pronta. Nós precisamos usar nossa força, da voz de vários artistas, que são ouvidos pelas pessoas, para falarmos coisas que são necessárias ser ditas”.

Para Junior, a importância é levantar a reflexão do tema. “A gente tem que parar para estudar o que nós vamos fazer com nosso país, ainda mais agora nesse momento tão critico e tão delicado que estamos vivendo. Temos que ter consciência e as pessoas precisam realmente perceber a ideia principal do projeto”.

Às vésperas das eleições, Alcione se apresenta em Curitiba com a proposta de ‘relaxar’