Amanhã é Dia Nacional do Choro e a oportunidade também de ouvir toda a experiência do baterista e compositor carioca Wilson das Neves. O artista participa da série Bate-Papo Musical, promovida pelo Icac -Instituto Curitiba de Arte e Cultura, e vai presentear os participantes do evento com conversa franca e agradável sobre samba, carreira e perspectivas.

Wilson das Neves é um artista muito querido por todos que convivem com ele. Na década de 1960, foi um dos bateristas mais importantes do samba e da MPB. Integrou a orquestra das TVs Globo, Tupi e Excelsior no auge dos Festivais da Canção, e ainda tocou com Ed Lincoln, Elza Soares, Elis Regina, Roberto Carlos e Wilson Simonal. Em 1968, lançou seu primeiro disco-solo, Juventude 2000, que passeia pelo jazz, samba, bossa-nova e esboças flertes com o Tropicalismo. Até 1976, Neves ainda gravaria mais 4 discos. Mas foi só em 1996 que o músico revelou seu lado compositor, com O som sagrado de Wilson das Neves, que traz 13 parcerias com o poeta e produtor Paulo César Pinheiro e uma com Chico Buarque.

Wilson esteve em Curitiba recentemente a convite do presidente da Associação dos Compositores do Estado do Paraná (Raymundo Rolim), lançando seu segundo CD, Brasão de Orfeu, selo da Parceria Acari Records e Biscoito Fino, gravado no início de 2004. Das 13 faixas, oito são parceria com Paulo César Pinheiro. Das outras participam Aldir Blanc (Imperial, que abre o disco e faz referência ao Império Serrano, sua escola de samba), Cláudio Jorge, Delcio Carvalho, Nei Lopes (Lupiciniana, em homenagem ao compositor gaúcho) e Ivor Lancelotti.

Serviço:

Workshop e bate-papo musical com Wilson das Neves.

Data: 23 de abril, sábado.

Horário: das 15h às 17h.

Local: Auditório Nhô Belarmino do Conservatório de MPB de Curitiba – Rua Mateus leme, 66. Centro.

Informações e inscrições: 321-3208

Ingressos a R$ 5,00.