A partir desta semana, Curitiba será palco para o “II Festival de Jazz & Blues – No Improviso”, que vai receber até novembro grandes nomes do cenário nacional e internacional da categoria. Com realização do Ministério da Cultura, Governo Federal e Montenegro Produções Culturais, a segunda edição estreia neste sábado, dia 22 de junho, no Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135), às 21horas, com a apresentação de um dos grupos brasileiros instrumentais mais premiados dessas quatro décadas e mais influentes do século XX, o Zimbo Trio, e participação especial do curitibano Sérgio Albach, clarinetista e um dos mais respeitados músicos do Brasil.

O Festival No Improviso conquista espaço na cena local e ganha notoriedade com a classe artística. “O No Improviso é um dos grandes festivais de Jazz e Blues do Brasil, ele já iniciou sua primeira edição com uma força muito grande e com uma vantagem em relação aos outros festivais porque ele tem uma continuidade”, destaca Flávio Guimarães, que volta ao palco com a comemoração dos 25 anos de carreira da banda Blues Etílicos.

Mantendo a proposta de contribuir para o fortalecimento do gênero e democratizar o acesso aos shows, a curadoria de 2013 selecionou atrações nacionais e internacionais que farão apresentações improvisadas com músicos locais. “A informalidade das Jam Sessions resgata as origens do jazz e blues, trazendo liberdade e improvisação no palco. Esse formato trouxe a característica maior do festival ao promover a troca de experiências entre músicos de diferentes escolas”, explica Carolina Montenegro, coordenadora geral do projeto.  Com a proposta de contribuir para formação de jovens plateias, o projeto visa atender uma carência na continuidade e sistematização de ações que fortaleçam os ritmos jazz & blues e incentivar o desenvolvimento, a sensibilidade e criatividade por meio do contato com a linguagem artístico – musical.

 Além de Zimbo Trio e Sérgio Albach, a grade de programação traz nomes como Blues Etílicos, Sabrina Blues Mendes, Nuno Mindélis, Saul Trumpet, Badi Assad, Diogo Guanabara, Igor Prado Blues Band, Sax Gordon (EUA), Muddy Waters Jr (EUA), Decio Caetano Blues Band, entre outros. “Com o grande número de artistas com altíssimo nível no nosso país e em nossa cidade, a curadoria se vê na delicada posição de selecionar quais atrações se adequam aos critérios de qualidade da proposta artística, currículo profissional, criatividade, originalidade e relação com o público”, destaca Mateus Sokolowski, coordenador artístico do projeto.

Nessa edição, o público também será surpreendido com uma interação no foyer do Teatro Bom Jesus que trará a representação do país do jazz e blues, com intervenções de vídeos, mapas e imagens que simbolizem esse cenário.

Realizado com incentivo fiscal, por meio da Lei Rouanet, o “II Festival de Jazz & Blues – No Improviso” mantém o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, que também cedia shows em espaços conveniados. O festival é patrocinado pelas empresas Frenesius Medical Care, TCP Terminal de Contêineres de Paranaguá, Ciapetro, Nórdica, Schattdecor do Brasil, Tratornew, Engepeças, Tratorcase, Sul Defensivos Agrícolas, Magparaná s/a , Slaviero Hotéis e Turismo, Horizonte Alimentos Agrícola, Tratormix,  Buzetti Pneus e apoiados pelos parceiros Adega Brasil, Audioshow, Bandnews, Mix Fm, 91 Rock, Comunicare, Hotéis Deville e  Mister Gorski.

Zimbo Trio abre a programação do Festival No Improviso com show inédito

 Um dos grupos brasileiros mais influentes do século XX, o Zimbo Trio, nasceu no auge do movimento de renovação da música brasileira e tem em sua formação, o fundador Amilton Godoy (piano), Percio Sapia (bateria) e Mario Andreotti (contrabaixo acústico).

Com 51 discos gravados e lançados no Brasil e em outros vinte e dois países e com uma carreira internacional muito bem estabelecida desde 1964, o grupo já tocou em mais de quarenta países. O Zimbo Trio é um dos grupos instrumentais mais premiados dessas quatro décadas, tendo em sua galeria muitos prêmios, tais como: Troféu Imprensa, Roquete Pinto, Pinheiro de Ouro, Chico Viola, Índio de Prata, Cândido Mendes, VIIº Prêmio Sharp de Música, Prêmio Tim de Música 2008, categoria Melhor Grupo Instrumental, e em 2012 novamente o Melhor Grupo Instrumental no 23º Prêmio da Música Brasileira já com a nova formação de “Amilton Godoy do Zimbo Trio”.

O curitibano Sérgio Albach é quem sobe ao palco para participar da jam com Zimbo Trio. Há 11 anos como curador da Oficina de Música Popular Brasileira de Curitiba (Oficina de Música de Curitiba), atuou também como diretor artístico da Orquestra À Base de Sopro de Curitiba. Como pesquisador do choro, criou os projetos “Choro no Sebo”, “No TUC Tem Choro” e, em 2001, a “Roda de Choro do Conservatório de MPB”, que existe até hoje. Como clarinetista, lançou seu primeiro CD solo em 2010, o “Clarineteando”, e já soma mais de 50 participações em CDs. Faz parte do “Mano a Mano Trio” ao lado de Glauco Sölter e Vina Lacerda, grupo que já excursionou para a Itália, Suíça, Peru e Argentina.

No show de estreia do “II Festival de Jazz & Blues – No Improviso”, o grupo paulista Zimbo Trio presta homenagem a grandes compositores brasileiros que fizerem parte de seu universo musical, além de executar repertório de autoria própria. No roteiro do show, composições de Hermeto Pascoal, Ernesto Nazareth, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Carlos Lyra, Milton Nascimento, Dorival Caymmi e músicas de Amilton Godoy gravadas no álbum “Zimbo Trio Autoral” (2011). Além disso, junto com Sérgio Albach vão tocar “Choro”, Amilton Godoy, do último disco do Zimbo Trio, “Turbulenta”, de Lea Freire, “Samba de Verão”, de Marcos Valle, e “A Chinga do Mané”, de Jacob do Bandolim. 

Programação

22/06 –  Zimbo Trio com participação de  Sérgio Albach

27/07 – Blues Etílicos com participação  de Sabrina Blues Mendes

31/08 – Nuno Mindélis  com participação  de Saul Trumpet

21/09 – Badi Assad com participação de  Diogo Guanabara

19/10-  Igor Prado Blues Band com participação de  Sax Gordon (EUA)

13/11 –  Muddy Waters Jr (EUA) com participação de  Decio Caetano Blues Band

 

 

 

SERVIÇO:

II FESTIVAL DE JAZZ & BLUES – NO IMPROVISO

Zimbo Trio e participação especial de Sérgio Albach

Local: Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135)

Quando:22 de junho de 2013 (Sábado)

Horários: Abertura do teatro: 20h30 / Início do espetáculo: 21h

Tempo do Espetáculo: 60min

Ingressos

Valores:

R$ 25,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada) .