Foi adiada para 13 de dezembro a audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara em que seria discutida a crise nos aeroportos brasileiros. Esse já é o segundo adiamento. A secretaria da comissão informou que o adiamento foi solicitado pelo ministro da Defesa, Waldir Pires, que argumentou que não poderia ficar fora do ministério durante muitas horas por causa da recente crise nos aeroportos

Além do ministro, estavam convidados o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, o presidente da Infraero (Empresa Brasileira de Administração Aeroportuária), José Carlos Pereira, o comandante da Aeronáutica, Luiz Carlos Bueno, o presidente do Sindicato Nacional da Empresas Aéreas, Marco Bologna, e o presidente do Sindicato Nacional dos Controladores de Vôo, Jorge Botelho.