O governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), disse hoje que também vai solicitar ao governo federal recursos para a recuperação da infra-estrutura de regiões do Estado atingidas pelas chuvas. Ontem, o governador fluminense, Sérgio Cabral Filho (PMDB), anunciou que o Rio irá receber recursos do governo federal para as áreas atingidas pelas fortes chuvas. Aécio não revelou o montante que será pedido. Amanhã, ele visita a cidade de Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas, onde irá se reunir com prefeitos da região e a coordenação da Defesa Civil estadual. "Para que nós tenhamos uma ação articulada no enfrentamento da calamidade", observou.

De acordo com o governador, a reunião servirá para que seja feito um diagnóstico dos danos provocados pelas chuvas em Minas e o volume de recursos necessários. "Pretendo amanhã fechar esse número para apresentar algo inclusive mais detalhado, não apenas no volume geral de recursos, mas onde eles seriam aplicados, em que tipo de iniciativas. E já definindo também a participação do governo do Estado em volume de recursos", acrescentou.

Conforme balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), até hoje, 62 municípios mineiros já haviam decretado situação de emergência desde o início do período chuvoso, em 1º de outubro do ano passado. Ao todo, 20 pessoas morreram e 80 ficaram feridas. Outras 4.347 pessoas ficaram desabrigadas (perderam tudo e precisam dos abrigos públicos) e 11.353 desalojadas (podem contar com ajuda de vizinhos e familiares). A preocupação da Defesa Civil estadual concentra-se agora nas regiões sul, Zona da Mata e Triângulo Mineiro.