O Diário Oficial da União publica hoje a Portaria nº 266, assinada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Pratini de Moraes, autorizando o aumento, a partir de 1º de julho, no limite da mistura de álcool anidro na gasolina para 25%. O limite na adição do álcool à gasolina poderá variar um ponto percentual para cima ou para baixo, oscilando em 24% ou 26%. A medida tem como objetivo o equilíbrio do mercado. A elevação da mistura fará com que o setor produtivo destine mais cana-de-açúcar à produção de álcool, impedindo uma super oferta de açúcar e a conseqüente queda nos preços internacionais.