Brasília (AE) – Os líderes do PFL, José Agripino (RN), e do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), anunciaram, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos, que vão requerer a convocação do economista Paulo de Tarso Venceslau e do empresário Roberto Teixeira. Agripino e Virgílio lembraram que Venceslau foi expulso do PT depois de denunciar suposta extorsão que era feita às prefeituras petistas de São José dos Campos, no Vale do Paraíba (SP), Campinas e Piracicaba, no interior de São Paulo, Santo André e Diadema, no Grande ABC (SP) para obtenção de recursos ao caixa dois do partido. Segundo o economista, a empresa responsável pela extorsão pertenceria a Teixeira, compadre do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dono de uma casa em que este residiu de graça durante nove anos.