O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), vai requisitar a formação de uma comissão parlamentar para acompanhar a crise nos aeroportos brasileiros junto ao Ministério da Defesa e ao Comando da Aeronáutica. Nesta quarta-feira (06), também foi adiada a audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara, que discutiria a crise da aviação brasileira.

De acordo com Aldo, a nova equipe será organizada pelo presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, deputado Alceu Collares (PDT-RS). O presidente da Câmara acredita que a Casa pode ajudar a encontrar as razões da crise e cobrar politicamente providências rápidas para a solução do impasse. O presidente da Câmara lembrou que a situação dos aeroportos afeta o funcionamento da instituição, mas não deve prejudicar as votações marcadas para hoje.

Aldo informou no Salão Verde que há um grande número de deputados na Casa e que as votações do segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), do nome do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e do pedido de cassação do deputado José Janene (PP-PR) não serão adiadas. As informações são da Agência Câmara.