Brasília ? Em almoço com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva hoje (17), na residência oficial da Granja do Torto, os presidentes da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), trataram da votação de projetos considerados importantes para o governo. Dentre eles, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), a Lei das Micro e Pequenas Empresas, a reforma do Judiciário e a proposta que cria a chamada Super Receita, que é a unificação dos trabalhos das secretarias da Receita Federal, do Ministério da Fazenda e da Receita Previdenciária, do Ministério da Previdência Social.

Segundo Rebelo, outro tema discutido no almoço foi o disciplinamento do uso das Medidas Provisórias (MPs). "Foi uma reunião institucional e tratamos da agenda prioritária não apenas durante a convocação, mas para o semestre", disse o deputado, acrescentando que assuntos como eleições e verticalização partidária não foram tratados durante o encontro. "A verticalização é assunto dos partidos, não é interesse de uma conversa institucional", disse. "Não tratamos de alianças nem de pedidos de apoio".

De acordo com Calheiros, o presidente voltou a pedir prioridade na votação do Orçamento geral da União 2006 e do Fundeb. "Ele pediu muito que nós votássemos o Orçamento, pois quer agilizar investimentos", disse, informando que pretende convocar os líderes no Senado para definir um calendário específico para a votação do orçamento.