Alunos de terceiro ano do Ensino Médio deixaram a sala de aula e queimaram camisetas para protestar contra a forma como a formatura vem sendo conduzida pela direção. Alguns alunos querem que a cerimônia seja realizada fora da colégio e teriam recebido a informação de que o diretor, Wilson Roberto de Paula Souza, teria vetado esta proposta.

Em abril foi formada uma comissão de alunos e pais para organizar a formatura. Grande parte deles querem que o evento seja realizado fora do colégio, em um local maior. Mas o diretor explica que os custos seriam elevados e dos 1400 formandos, 400 não teriam condições de pagar os R$ 90,00. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)