O senador Álvaro Dias formalizou hoje seu pedido de filiação ao presidente estadual do PSDB, o vice-prefeito de Curitiba, Beto Richa. O senador conversou com Beto Richa ontem à tarde, na sede do partido. Antes de oficializar sua saída do PDT, Álvaro ainda terá uma última conversa em Brasília com a bancada de senadores do PSDB, os mediadores da negociação para seu retorno ao partido. Beto disse que aceita Álvaro de volta ao PSDB.
Álvaro está voltando ao PSDB sem um projeto eleitoral definido e após uma saída traumática em 2001, quando foi pressionado pela cúpula nacional a abandonar a sigla, que o ameaçou de expulsão. Álvaro e o irmão, senador Osmar Dias, recusaram-se a retirar o apoio à proposta de CPI da Corrupção. Álvaro perdeu o controle do PSDB e quase viu seu projeto de concorrer ao governo ir por água abaixo. Foi salvo pelo PDT que o acolheu e ao seu grupo, fornecendo legenda para sua candidatura ao governo no ano passado. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)