Depois de um jogo amarrado e sofrido, com um empate sem gols, deu América na decisão da Copa São Paulo de Juniores. O time de Rio Preto derrotou o Comercial na disputa por pênaltis, ao fazer 3 a 1, nesta quarta-feira à tarde, no Pacaembu, e conquistou o título inédito do torneio.

A final da 37ª edição da Copa São Paulo não fez jus à história do torneio. A ausência dos clubes de tradição esvaziou o Pacaembu. Enquanto isso, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero, gabava-se por três emissoras de tevê (ESPN Brasil, Rede Vida e Rede TV) transmitirem a decisão para todo o Brasil ? também garantiu que o torneio em 2007 continuará "inchado", com 88 clubes.

Mesmo assim, torcedores de América e Comercial se aventuraram a viajar mais de 4 horas até São Paulo. No total, com muito esforço, somaram cerca de 5 mil no Pacaembu.

O jogo não ajudou muito também. O primeiro tempo foi todo do América. Mais volume de jogo, que não se traduziu em gols. O Comercial administrou o fôlego debaixo do calor de 34°C. Se fechava na defesa e apostava nos contra-ataques puxados pelo incansável Buiú, que oficialmente é chamado de Ferreira.

No segundo tempo, o América deu mostras de cansaço e permitiu que o Comercial crescesse de rendimento. A partida ficou um pouco melhor. O zagueiro Henrique, sozinho dentro da área, cabeceou para fora e perdeu a grande chance do time de Ribeirão Preto. Do outro lado, Cristiano teve duas chances e foi bisonho.

Nos pênaltis, o goleiro André Zuba se garantiu. Defendeu os chutes de Jonatas Neves e Tremonti e ainda viu Bruno isolar a cobrança que confirmou o título para o América.

América: André Zuba, Wellington (Rafael), Régis, Polly e Gilmar (Wesley); Leandro Rincón, Jeferson, Elias Negão e Cristiano; Nenê (Éder) e Júlio César. Técnico: Candinho

Comercial: Anderson, Éderson (Danilo), Paulo Ramazza (Gabriel), Henrique e Guina; Bruno, Diogo, Jonatas Nevez e Vitor; Paulinho (Thiago Tremonti) e Buiú. Técnico: Macalé

Nos pênaltis: 3 a 1 para o América.

Juiz: Marcelo Rogério (SP).

Cartões amarelos: Henrique, Guina, Bruno, Vitor, Wellington, Polly e Júlio César.

Local: Pacaembu, ontem à tarde.