Brasília – A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) fez uma operação de fiscalização na fronteira Brasil-Paraguai – chamada "fronteira blindada" – e aplicou multas num total de R$ 475 mil entre os dias 18 de novembro e 21 de dezembro. O balanço foi divulgado hoje (23). Segundo a agência, a principal irregularidade encontrada foi a falta de documentação.

"Atuando neste ponto, na logística do contrabando, outros ilícitos poderão ser evitados, já que é sabido que entre as mercadorias passam também drogas, armas e munições", observou o superintendente de Serviços de Transporte de Passageiros, José Antônio Schmitt.

Nos 33 dias de operação, 16.885 vans e táxis e 1.749 ônibus foram fiscalizados. Segundo a ANTT, foram aplicadas 51 multas na Ponte da Amizade, num total de US$ 10.200,00, e outras 227 no pedágio da BR-277, somando R$ 451.184,06.